Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Trepadinha básica antes do café da manhã

  • Publicado em: 27 de junho de 2017 18:40
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por kaplan)

6:30 de uma manhã que parecia fria. Chovera a noite toda e eu nem sabia se o sol tinha dado as caras naquela manhã. Mas tinha de me levantar, o trabalho me esperava. Olhei para meu lado e vi que minha companheira Denise não estava ali. Mas eu tinha certeza de que ela dormira comigo…
Espreguicei e quando me preparava para deixar a cama, vejo-a entrar.
Usava uma camisa minha, mas estava toda aberta e assim eu vi que ela estava só de calcinha, seus belos seios apareciam quando ela andava e a camisa se movimentava.
– Bom dia, meu amor!
– Bom dia… levantou cedo!
– Fui preparar o café pra nós dois, mas tive de colocar sua camisa porque está fazendo um pouco de frio, já olhei o céu… todo nublado, nada de sol.
– Também, com a chuva que caiu essa noite…
– Não vi nada, dormi como uma pedra, abraçadinha com você!
E aí ela subiu na cama e veio se arrastando em minha direção. Seus olhos e sua boca me diziam que ela estava bem intencionada… até demais, talvez!
Deitou por cima de mim e me deu um beijo.
– Hmm… que gostoso…
Ela começou a tirar a camisa, levantou a colcha e começou a tirar a camisa de pijama que eu usava.
– O que você está pretendendo, amor?
– Nada demais, só uma trepadinha básica antes do café da manhã…
– Mesmo? A de ontem à noite não te agradou?
– Agradou demais, por isso que quero bis…
– Você sabe que eu tenho de trabalhar… não sabe?
– Tudo a seu tempo, está cedo ainda, primeiro a gente trepa, depois toma café, depois saímos, cada um pro seu trabalho. Para de reclamar, quero chupar seu pau, posso?
– Desde quando você precisa pedir?
Ela deu um sorriso, puxou o lençol todo e viu que meu pau, dentro da cueca, já dava sinais de vida. Lambeu-o por cima da cueca mesmo e depois, rindo do que havia feito, puxou-a, tirou-a e aí pôde chupar direito, sem pano algum para atrapalhar.
Depois de chupar bastante e deixar meu pau todo melado, ela veio sentando-se em cima de mim, puxou a calcinha pro lado e sentou no meu pau.
– Como eu gosto de sentir essa piroca sua entrando dentro de mim…
– E eu adoro ver você pular… pula!
Ela pulou, seus cabelos esvoaçavam, eu tentava segurar os seios dela, mas não conseguia tal a rapidez dos pulos que ela dava. De repente, levantou, tirou a calcinha e sentou, dessa vez de costas pra mim e voltou a pular.
Estava chegando ao ponto próximo ao gozo, eu sentia pela respiração ofegante dela, pelos gemidos cada vez mais altos.
Saiu de cima de mim, deitou-se ao lado, de barriga pra cima, eu via os seios dela arfando.
– Enfia… me come!!!
Levantei a bundinha dela para ficar na posição em que eu, ajoelhado na cama, podia enfiar o pau bem de frente. E fiquei bombando e vendo que ela fechava os olhos, mordia os lábios…
– Mete, mete bem forte… estou quase indo… me fode toda!
Nunca tinha ouvido ela falar daquele jeito e isso me deu um tesão enorme, então bombei com mais força ainda e logo vi ela caindo na cama, soluçando e rindo ao mesmo tempo. Inclinei meu corpo pra ficar atrás dela, sem tirar o pau de dentro e aí fiquei comendo-a de ladinho. Por poucos minutos, pois eu também já estava quase gozando e isso aconteceu em seguida.
– Nossa, querida… é isso que você chama de trepadinha básica?
Ela riu.
– Foi uma das melhores, não foi? Acordei com um tesão danado… precisava disso.
– Agora vamos tomar nosso café?

Referência do Anúncio ID: 78859524aeadb84e

Não há Tags

662 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: fppn2000@hotmail.com, 151 Guests, 28 Bots