Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Ultimo dia de aulas na faculdade

  • Publicado em: 29 de julho de 2017 06:04
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por Kaplan)

Não resta dúvida que os quatro anos em que ficamos nas faculdades são os melhores anos do resto de nossas vidas… pena que eles acabem…
Então precisamos e conseguimos nos despedir muito bem. Não da faculdade, mas das amigas que fizemos e que nos acompanharam em boas farras ao longo dos quatro anos.
Quem não viveu em repúblicas estudantis naqueles loucos anos 60 e 70, não tem ideia de como aquele período foi gostoso.
Eu e meus colegas de república passamos o nosso último dia lá acompanhados de belas mulheres.
Tive a felicidade de ser escolhido por duas delas, as primeiras bissexuais que conheci em minha vida, Márcia e Mariza. Elas foram para meu quarto e tiraram as roupas, de cara, sem mais delongas. Não queríamos conversar, sabíamos que conversas seriam emocionantes e não eram necessárias naqueles momentos finais de nossos cursos.
As duas chegaram, como eu disse, tiraram as roupas e me deram o show que acabou sendo o último que vi das duas. Abraçaram-se, beijaram-se, chuparam-se e só depois, me vendo com o pau quase estourando de tão duro, é que vieram me dar atenção.
Fui chupado pelas duas, simultaneamente. Delícia total ter duas boquinhas ávidas engolindo seu pau, lambendo-o todo, pegando em suas bolas… só quem já viveu isso sabe como é bom!
E aí comi a Mariza, sentada em meu pau e com a Márcia quase sentada em minha boca. Eu lambia sua xotinha enquanto a outra pulava sem parar.
Depois comi a Márcia, de quatro, e com a Mariza deitada na frente dela e foi a vez de Mariza ser lambida e chupada pela amiga.
E fizeram questão de que eu gozasse no rosto das duas, aproveitando para engolir um pouco do “leite derramado”.
No quarto ao lado, meu colega Rubens também se deliciou com duas amigas, Elisa e Eloá. Elas não eram bi, mas não tinham qualquer problema em fazer ménages em que seus corpos esbarravam uma na outra. Era motivo de riso das duas.
Pois o Rubens também fez uma despedida notável.Começou com as duas sentadas nele. Eloá sentada no peito, de costas e Elisa nas coxas. As duas revezavam as mãos no pau dele e depois revezaram as bocas, chupando-o intensamente.
Ele, inicialmente, comeu a Elisa, de ladinho, no sofá que havia ali, não tinha cama naquele quarto. Bombou bastante, até que a fez gozar. E ainda teve o prazer de ver Eloá se masturbando, enquanto ele metia. Aquilo o deixava piradão.
Depois ele colocou as duas ajoelhadas, apoiadas no encosto do sofá. As duas bundinhas ficaram à vista e ele começou a beijá-las, a lambê-las, enfiava os dedos nas xotinhas das duas que gemiam alto. Então, depois de tesá-las bastante, ele comeu a Eloá, ali mesmo, socando forte na xotinha dela, por trás.
As duas satisfeitas e ele impávido colosso.
Recebeu as boquinhas delas em seu pau, novamente até que ele gozasse nos seios delas.
No outro quarto, João Lucas recebeu a visita de Flávia. Ela chegou e já o encantou fazendo um verdadeiro striptease pra ele.
Depois do strip encerrado, ela deitou-se na cama com ele, que já estava pelado e tiveram uma transa bem tranquila. Não era a primeira vez que transavam e naquele dia, depois de ele ser chupado, ter chupado a amiga e transado de papai e mamãe, eles não se despediram. Como moravam na mesma cidade, resolveram que seriam namorados.
Por causa disso, na parte da tarde, quando eu e Rubens trocamos nossas parceiras, ele e ela não se manifestaram, ficaram quietos no quarto.
A parte da tarde foi ótima também para nós. E, para felicidade minha, a única que passou a noite lá foi a Mariza, que quis ficar só comigo. As outras três se despediram, chorando muito e foram para suas repúblicas acabar de arrumar as malas. No dia seguinte todo mundo iria embora.
Então, pude transar mais duas vezes com ela. Quando, depois do café que tomamos todos juntos e o pessoal foi embora, ela foi comigo ao quarto, nos deitamos. Estávamos cansados, mas não foi possível dormir sem uma trepadinha bem gostosa. Aí dormimos.
Peladinhos, cobertos só com um lençol porque fazia muito calor.
E quando acordamos, na manhã seguinte… nos agarramos, nos beijamos e começamos outra, com ela me chupando, eu a lambendo toda, ela me cavalgando, eu a comendo de cachorrinho… e finalmente comendo seu cuzinho.
Tomamos um banho juntos, cheio de carícias, e jurando que iríamos continuar a manter contato, mesmo morando em cidades diferentes. Pena que naquela época não existia internet, email, zapzap… em pouco tempo ela evaporou. Nunca mais a vi.

Referência do Anúncio ID: 7545979e7769e5a0

     

408 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 58 Guests, 21 Bots