Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

UM PESADELO QUE SE TORNOU UM SONHO EM MINHA VIDA

  • Publicado em: 20 de janeiro de 2002 08:03
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Tudo iniciou agora em dezembro de 2001. Entrei em férias na Escola São Gonçalo, e resolvi ir para a fazenda de meu tio em Cáceres.

Bem eu tenho 18 anos completados em setembro, faço o 3º ano e cursinho pré-vestibular, pratico karate e natação.

Com minha idade sou o que dizem por ai um cara sarado, 1,75 altura, cabelos compridos e olhos castanhos, sem barba, e poucos pêlos no corpo, ou seja, como dizia minha gata um Deus grego.

Como dizem as garotas uma tentação de garoto, e eu costumava fazer um sucesso com todas as meninas, pois meu corpo é super definido.

Minha iniciação sexual foi com uma garota bem mais velha, ela tinha 21 anos e eu 13, aprendi muito com ela e utilizei estas aulas para as outras meninas que tracei e não foram poucas. Ou seja, eu era um gato super macho, ativo e viril.

Como no inicio falei que iria passar uns dias na fazenda de meu tio, fui até a rodoviária para comprar passagem e estavam todos os bilhetes vendidos, então tinha um camarada oferecendo dividir as despesas com passageiros para Cáceres, mais barato que o ônibus. Topei na hora, mas falei que tinha que passar em casa para pegar minhas coisas e tal, o cara topou e levou em casa, ficou no carro esperando, e de lá saímos eu o Renato e mais dois caras, o Cláudio e o Rafael.

O Renato era um cara super legal e bom de papo, deveria ter uns 32 anos, 1,70 altura, cabelos meio comprido, sem barba e sem bigodes, um corpo sem barriga, um cara meio sarado para a idade dele, o Cláudio era um negrão de mais ou menos 1,85 de altura, deveria ter uns 27 anos, forte, magro, não muito falante, mas tinha uns dentes brancos e grandes muito bonitos e o Rafael era um garotão de uns 20 anos, branco, cabelo curto, com 1,80 de altura, meio cheinho, não gordo, mas fortinho mesmo.

Seguindo viajem começamos a falar de vários assuntos, e chegou em sexo, eu faço isso, eu faça aquilo e coisas do gênero.

Depois de mais de 2 horas de viajem paramos para a famosa mijada, foi quando teve inicio meu pesadelo.

O Renato ao ver meu pau quando mijava, falou, cara que pau, quando você enfia no cu de alguém deve fazer um estrago coisa e tal, e assim Cláudio e mais Rafael, começaram a falar de sacanagem mesmo, foi quando passei a reparar que eles eram amigos, ou seja, já se conheciam, pois falavam de fatos do passado, eu fiquei na minha quieto esperando chegar logo ao destino.

Rodamos uns 15 kilometros e Renato saiu da rodovia e entrou em uma estrada de terra, até chegar a um pequeno sitio, bem pobre com uma casinha.

Renato me falou que o sitio era seu e toda vez que ele passava ali ele chegava, pois só tinha um caseiro durante a semana, e nos finais de semana o caseiro ia para sua casa junto de seus familiares.

Descemos todos, e entramos na casa, simples, mas bem limpa, foi quando eles se transformaram em verdadeiras feras. Partindo para o ataque o Cláudio, o negrão me segurou pelos braços e falou no meu ouvido, hoje teremos uma gatinha para gemer. Não entendi e falei que não estava a fim de brincadeira e coisa e tal.

Renato de um jeito muito especial passou a mão em meu rosto e disse tenha calma garotão, você será nossa fêmea, nossa mulher, nosso veadinho, nossa putinha. Tentei de todas as formas me soltar, mas Cláudio era muito forte, foi quando entrou o Rafael com cordas na mão e eles me amarraram na cama.

Renato tirou meus tênis, minhas meias, minha camiseta foi rasgada, minha calça foi arrancada e fiquei somente de cueca, tipo “slip”, cavada de cor branca, pois só uso cuecas brancas e cavadas.

Eles começaram a rir da situação, eu tentando fugir dali o mais rápido possível e eles rindo, foi quando virei de lado e vi Cláudio totalmente nu, nunca tinha visto um pau daquele tamanho, era grande, grosso e cabeçudo mesmo, com um saco caído e duas bolas que faziam volume mesmo, neste meio tempo Rafael tirou sua roupa e nu mostrou que não ficava para trás, eu tinha um pau de 21 cm por 6 de grossura, e Rafael tinha um pau maior que o meu, Cláudio terminou de tirar a roupa e nu mostrou seu dote, um pau grande, cabeçudo e grosso cheio de veias saltadas.

Pensei meu Deus, o que vai acontecer comigo aqui, sozinho, amarrado e seminu com três caras nus e com tesão, parecendo que o Renato lendo meus pensamentos, disse calma garotão que nos vamos te fazer feliz e você vai gozar muito.

Rafael foi se chegando e começou lentamente a passar a mão em minhas pernas, coxa, até chegar ao meu pau, que modéstia a parte não é pequeno, e com esta alisada senti que meu pau começou a dar sinal de vida, pensei cara, eu nunca transei com outro homem, quando era garoto vários coleguinhas me chamaram para fazer troca-troca e eu nunca topei, sei lá sempre pensei sou homem como posso querer transar com outro homem, é feio, imoral e não é uma coisa normal, a esta altura meu pau estava duríssimo e Rafael passando a mão em mim, me alisando até chegar ao meu pau, baixou minha cueca e ele saltou para fora, lindo, perfumado e mostrando toda sua pujança.

Cláudio veio se chegando e com uma faca rasgou a lateral de minha cueca, me deixando totalmente nu, e iniciou uma passada de mão em minha bunda, me virou de lado, e nesta virada Rafael aproveitou e colocou meu pau duro em sua boca, cara parece que levei uma descarga elétrica, e Cláudio começou a explorar minha bunda, meu cu, até que passou um dedo e piscou, aquele foi o sinal que ele precisava, pegou um creme passou no meu cu, e lentamente foi enfiando um dedo no meu cu, reclamei, e ele continuou, e logo estava todo o dedo dentro, ai começou a colocar outro dedo, eu reclamei de dor, ele falou calma, relaxa, e Rafael me levando as nuvens chupando meu pau e botando as bolas dentro de sua boca, ele nada falava. Eu estava em ponto de gozar e aquele dedo no meu cu, me deixava mais cheio de tesão, foi quando Cláudio saiu e veio o Renato e começou a passar a língua na minha bunda e logo ele estava com a língua enfiada em meu cu, eu gemia, delirava, e comecei a virar mais de bruços para sentir aquela língua no cu, após uns 10 minutos desta loucura, senti que meu gozo veio e enchi a boca do Rafael da mais pura porra de prazer e a língua continuava no meu cu, dançando e me deixando louco, quando Cláudio chegou no meu ouvido e disse: Esta na hora de fazer você de putinha foi quando vim à realidade, e pedi não, o cara eu faço o que vocês quiserem, mas não me machuquem e não me enrabam, Cláudio disse que a tesão era grande e que eu iria ser fodido pelos três, que eles teriam muita calma e seriam carinhosos, pois eles sentiram que eu era cabaço, e eles iriam sortear quem tiraria meu cabaço, que estrearia meu cu, chorei, implorei e eles começaram a rir, pois eu estava nu na cama meio de bruços, mas de pau duro.

Quando voltaram Rafael trazia nas mãos um creme, iniciou passando a língua no meu cu me virou de bruços, eu tentei me desvirar, ai levei um tapa fortíssimo na bunda e ele me disse, não adianta cara, você será meu veadinho, eu vou tirar seu cabaço do cu, poderá ser com carinho ou com força, ele ainda disse, eu prefiro tirar cabaço com força, gosto de estuprar garotos como você, que se sentem machões, mas os parceiros pediram para ir com cal, vai doer só um pouquinho, eu ainda tentei dizer que aquele pau não iria entrar no meu cu, me rasgaria, foi quando Cláudio disse, calma boneca, um tempo atrás nos fodemos um garotinho de 15 anos, ele se debateu, gritou, chorou e no final ele gozou e continua a dar o cu para nos até hoje, seguido nos procura quando esta a fim de ser fodido, ele era bem menor que você e heroicamente recebeu no cu, você com certeza receberá com muito carinho, ou você quer ser estuprado, currado, não gritei vai com calma.

Rafael aproveitou que eu estava de lado meu pau mole, e colocou na boca, na hora ele ficou duro, ele me virou enfiou a língua no meu cu, foi me deixando de bruços, e me colocou na posição de quatro, Cláudio e Renato me ajudavam, pois eu estava amarrado, Rafael passou o creme no meu cu, enfiou um dedo e logo enfiou outro e depois outro, eu só gemia, Renato aproveitou e passou a mão por baixo e pegou no meu pau que estava duro a ponto de explodir, em meu ouvido ele falou você vai gozar muito garoto e será um grande fodedor pelo cu, você vai ma agradecer eu te ensinar a dar o cu, e Rafael encostou a cabeça do pau no cu e forço, eu gemi e tentei sair, Cláudio e Renato me seguram firmes e Rafael neste meio colocou a cabeça dentro, gritei, ta doendo, tira, tira, ta me rasgando, Rafael com muita calma ficou paradinho, dali 2 minutos ele deu uma mexidinha e enfiou o resto do pau para dentro, dei um grito aterrorizado, de dor mesmo, parecia que estava queimando dentro de mim, eu ali de 4 com dois cara me segurando e outro enfiando um pau no meu cu, Cláudio pegou no meu pau e ele continuava duro, e falou, cara ele esta com tesão pois o pau dele esta duro, Renato me soltou e veio ver, pegou se abaixou e colocou na boca, senti algo diferente mesmo, Rafael começou o vai e vem e foi me fodendo eu gemia e chorava baixinho, passados uns 10 minutos comecei a sentir uma coisa diferente, meu pau ficou mais duro e eu comecei a mexer a bunda, atirava ele mais para cima para entrar mais, Rafael sentindo falava esta gostoso, isto você esta gostando de dar o cu veadinho, putinha, mexe mais isto atira a bunda mais para trás que vai entrar tudo no seu cu e o pau dentro e Rafael não me poupou pos todo o pau dentro de mim, me fodendo até que deu um grito e eu senti aquela coisa quente dentro de mim, um choque e comecei a gozar na boca do Renato que falou moleque filho da puta, era só para te deixar acesso não para gozar na minha boca.

Atirado na cama, Cláudio veio com uma toalha me limpar e passando na minha bunda, falava, e cara saiu muito sangue, seu cuzinho esta arregaçado, o Rafa fez um belo serviço, você vai aprender a dar o cu com muita tesão, muitos homens vão gozar muito neste cu, você vai agradecer por nos te ensinarmos a você gozar pelo cu, terminou de me limpar eu vi a toalha suja de sangue, falei, Cláudio deixa eu ir embora não vou falar nada para ninguém, e ele calmamente respondeu, calma você vai embora amanha, após você aprender tudo e estiver pedindo para ser fodido, calma e começou a passar a mão na minha bunda, entrou o Renato lambeu minha bunda, meu cu e logo logo eu estava cheio de tesão e de pau duro, me pos de barriga para cima, levantou minha pernas e colocou sobre seus ombros, na posição de frango assado colocou creme no meu cu e disse, relaxa, faz força como você estivesse fazendo coco, foi forçando minha pernas para trás acima de meu peito e eu com o cu aberto senti quando ele encostou a cabeça no meu cu, e sem do nem piedade ele enfiou tudo para dentro dei um gemido forte, respirei fundo e senti que meu pau estava mais duro ainda, ele começou entrando e saindo, e eu rebolava que nem uma puta e baixinho comecei a pedir para ele vai fode com mais força, vai mete, me fode, me rasga eu agora sei que sou veadinho, putinha a tesão que eu estava sentindo nunca tinha sentido, ele foi enfiando cada vez com mais força eu sentia seus pelos encostarem em minha bunda até que ele tirou deixando só a cabeça dentro e num só golpe enfiou tudo eu dei um grito que não foi de dor e sim de prazer ele gozando e eu comecei a gozar pelo pau sem tocar nele, a porra caindo na minha barriga, Cláudio e Rafael começaram a rir d falar ele é um belo veadinho mesmo, gozou, Rafael chegou junto a meu ouvido e disse estou quase gozando me ajuda, e colocou aquele pau na minha boca, eu fechei a boca e me pegou pelos cabelos e disse chupa, abri a boca se ele enfiou e começou o movimento de vai e vem e gozou dentro de minha boca, tive que engolir senão iria me afogar de tanta porra. Renato tirou o pau dentro de meu cu e falou é cara você passou no teste de putinha.

Soltaram-me as mãos das cordas, me levaram até um quartinho onde tinha um chuveiro e mandaram eu me lavar, pensei em fugir, mas Cláudio estava na porta nu com aquele pau enorme meio duro. Quando terminei o banho Cláudio me levou para o quarto me fez deitar e me falou: Você pode dar o cu para mim com vontade, com o tesão do seu cu, solto e assim ajudar a entrar todo ele no cu, pois são 25 centímetros por 9 de grossura, já fodi garotinhos e todos eles preferiram dar soltos, pois assim podiam ajudar a entrar todo no cu, você escolhe, ou você que ser fodido a força, vai doer e eu não terei pena de você, vou rasgar seu cu, o que você escolhe?

Cláudio sentado na cama e eu deitado, ele me pegou pelos cabelos e levou em direção ao seu pau abri a boca e comecei a chupar, passava a língua lentamente na cabeça e ia até as bolas lentamente, aquele pau foi pegando corpo e crescendo, era realmente enorme, tirei o pau da boca e falei Cláudio, não vai entrar tudo no meu cu, ele falou claro que entra, com cuidado, tesão já fodi um garoto de 15 anos, que gozou muito durante 1 anos ele deu para mim toda a semana, ai ele arrumou um motorista de ônibus da escola dele e ai ele nunca mais me procurou, as vezes quando estou com tesão procuro ele na saída da escola e levo ele para meu quarto e ali ele vira uma verdadeira menina, o cara que fode ele ensinou muita coisa ele me deixa louco e recebe tudo no cu, e você com certeza vai gozar com ele dentro. Me virou e lambeu meu cu que estava arregaçado, comecei a sentir um calor de dentro do meu cu para fora, mau pau ficou duro na hora, ele me pegou no saco e apertou minhas bolas, colocou um depois dois e colocou mais um dedo ficou com três dedos enfiado no cu, naquele vai e vem, eu comecei a mexer a bunda e a rebolar como a mais vadia da putas, mas aquilo não me preocupava, pois com o tesão que estava sentindo eu só queria gozar, Cláudio apertava cada vez mais minhas bolas, aquela dor, meu pau parecia que iria explodir, ele pegou creme passou no meu cu, e lentamente foi deitando na cama de barriga para cima foi pediu para sentar em cima daquele poste de carne, eu fui sentando de frente para ele, ele não largava minhas bolas a dor era grande mas o tesão era maior, fui lentamente sentando e sentindo centímetro por centímetro entrando no meu cu, quando estava a metade dentro, Renato e Rafael entraram no quarto me seguraram pelas pernas e braços e me ajudaram a encarar aquele pau grande, eu mexia e rebolava feito louco, quando senti que parecia que estava mijando, não eu estava gozando com Cláudio apertando minhas bolas ai ele soltou e eu dei a maior gozada da minha vida, foi quando Cláudio pediu para o Rafael e o Renato vai deixa entrar tudo, e eles me forçaram para baixo e aquele pau enorme foi sumindo dentro de mim e só gemia, quando estava tudo dentro, eles me soltaram, eu sentia uma dor horrível por dentro próximo ao umbigo e Cláudio falou que era para me acostumar e lentamente ele foi mexendo até que depois de 5 minutos eu estava cavalgando naquele pau enorme que estava me deixando louco de tesão eu rebolava e as vezes rapidamente me lembrava das meninas que eu tinha fodido e elas sentavam e mexiam, rebolavam daquele mesmo jeito que eu estava agora fazendo com meu homem, quando senti seu pau crescer e ficar mais duro ai soltei mesmo e pedia vai meu homem goza, enche o cu de teu putinho de porra, me da leitinho, Renato veio subiu na cama e Rafael veio junto e colocaram o pau dentro de minha boca e comecei a chupar cada vez mais rápido até que senti meu cu se encher de leite que escorria pelas pernas, minha boca começou a receber porra dos dois paus e eu sem sentir comecei a gozar novamente, Cláudio só me disse é cara, você garoto vai gostar muito de pau no cu, pois você goza muito com ele dentro de você. Esperei aquele pau amolecer e tirei de dentro de mim, sangue, porra e muita dor, tomei outro banho deitei e dormi por mais de 10 horas, acordei com Cláudio passando o pau na minha bunda.Ele disse oi, descansou bem, disse que sim, ele me virou pegou no meu pau que estava duro e falou você quer foder, sei lá respondi. Cláudio virou-se chamou o Rafael e disse dá o cu para o garoto ele merece, encarou legal nossos paus e agora ele deve se sentir machinho novamente. Rafael deitou, ficou de quatro eu passei um creme naquela bunda redondinho e fui colocando meu pau ele só gemia e pedia mais e falava me fode machinho, me fode, eu fui comido a força quando tinha 15 anos, olhei para Cláudio e ele riu e disse este é um dos garotinhos que eu ensinei a foder, uma pena que não te encontrei quando você tinha esta idade hoje você seria um grande fodedor, meti cada vez com mais força naquele cu, naquele que tinha tirado meu cabaço e em forma de vingança gozei em cima da bunda dele ele gozou muito, ele se virou e chupou meu pau com gozo e falou você será um grande veadinho.

Fui tomar banho junto com Cláudio e acabei chupando aquele pau até ele me dar leitinho que engoli tudo, e perguntei para ele se eu ficaria veado, ele riu e disse não, você as vezes sentira vontade de sentir um pau no cu ai você estará pronto para dar o cu, mas vai continuar a foder as menininhas que você tanto gosta, poderá casar e ter filhos, quando sentir vontade você saberá onde procurar.

Pedi minha mochila do carro para pegar roupa, me vesti e pedi para me levarem de volta para Cuiabá, passado uns 5 dias sentia aquele vazio dentro de mim, só pensava no pau do Cláudio, fui procura-lo onde ele morava e agora estou morando com Cláudio, larguei estudo, trabalho e vivo para ser mulher dele, estou aprendendo a lavar a roupa dele, a cozinhar, ou seja virei sua mulher, seu veadinho, sua putinha, as vezes ele traz um colega negrão que tem um pau maior que o dele e me faz sentar em cima, ainda não entra tudo mas com o tempo vou receber toda aquela tora no cu. Estou feliz, nem me lembro das menininhas, só me lembro do dia que fui fodido por aquele negro de pau grande que me fez sentir um gozo como nunca tinha sentido, inclusive agora ele arrumou uma argola e colocou em volta de meu pau e do saco apertado é para eu não gozar e estou tomando remédio para ficar sem tesão, ou seja, não quero ver meu pau duro, Cláudio diz que uma mulherzinha deve somente dar e fazer seu homem gozar e isto ele sabe fazer.

Um beijinho, estou agora procurando garotos que estejam a fim de serem iniciados no gozo, de 15 a 20 anos ensinarei juntamente com Cláudio estes garotos a gozar, podem ter certeza disto.

Podem escreve e responderei a todos e tirarei suas duvidas.

Yankeemt@bol.com.br

Referência do Anúncio ID: CT-000006555

Não há Tags

6205 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: F0x67, Zackvinicius, Kaka bong, 296 Guests, 30 Bots