Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Uma irmã necessitada e um casal de irmãos alucinados

  • Publicado em: 4 de agosto de 2017 06:18
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por Kaplan)

Que família mais feliz!
Isis, 34 anos, morena, gostosa. Bento, 25 anos, bela pica de 18cm. Marina, 23 anos, a delícia em forma de pessoa. Os três eram irmãos, moravam sozinhos na capital, porque os pais, agricultores, não podiam largar as terrinhas. Terrinhas boas, já tinham dado bons lucros, que permitiram a eles adquirir o apartamento em que os três irmãos residiam.
E mais que residir, aquele apartamento era cenário de grandes transas, entre os irmãos. Começou com Isis seduzindo o irmão, já tinha mais de ano. Ela estava há bom tempo sem namorado, sem ficantes, então, um dia, acabou rolando, mas ela provocou. Saiu pelada do quarto, estavam apenas ela e o Bento, Marina estava fora. O Bento viu e ficou bobo… que gostosura que a irmã era… e quando ela percebeu o interesse dele, arrastou-o para sua cama e transaram pela primeira vez.
Ela ficou preocupada com a possibilidade de Marina ficar sabendo, mas Bento a tranquilizou. Ele e Marina já tinham um relacionamento desde a adolescência.
-Verdade, Bento? Mas a gente morava ainda na fazendinha…
– É verdade, e aconteceu quando eu e ela fomos pegar mangas, subimos na mangueira e como eu subi depois dela, me deparei com a bucetinha dela… ela estava sem calcinha. Aí brinquei com ela que estava vendo, ela riu e falou que não tinha importância. E depois pediu pra ver meu pau. Eu mostrei, ela pegou e aí começamos a brincar muito. Mas era só brincadeira, descoberta dos corpos mesmo. Depois que a gente veio pra cá é que aproveitamos as horas em que você não estava e voltamos a brincar, mas ficou mais sério e tem uns quatro meses que a gente transa. Não se preocupe, tomamos cuidados, ela toma pílulas e quando não tem eu uso camisinha. A gente se cuida.
– Vocês esconderam bem… nunca desconfiei de nada.
– Pois é, e a gente morria de medo de você descobrir! Acho que ela vai adorar saber do que rolou hoje.
Realmente, quando Marina regressou, ele contou a ela, que ficou admirada, mas aliviada, poderiam agora transar numa boa, já que a irmã mais velha sabia.
E, assim, em outra ocasião, Isis chamou Bento ao seu quarto. Estava subindo pelas paredes de novo e precisava urgentemente que ele a ajudasse, entenda-se, precisa transar. Marina não estava, então os dois começaram.
Ela tirou a calça e a calcinha, e apenas de camisa, ajoelhou na cama, ficou de quatro, na verdade, e o irmão deitou-se atrás dela e começou a beijar sua bunda, lamber o cuzinho e a xotinha. Foi o que bastou para Isis começar a gemer e logo virar o corpo e pegar o pau dele e chupá-lo. Depois ficou pegando nele, carinhosamente.
– Seu pau é tão bonito, Bento…um dos mais bonitos que já vi, e olha que já vi muitos! Vem cá, enfia ele dentro de mim, me faz gozar bastante…
Deitou-se, abriu as pernas e ele a penetrou e ficou bombando. Mais gemidos, que atraíram a atenção de Marina que acabara de chegar e dirigiu-se ao quarto. Viu os irmãos e subiu na cama. Isis a notou e, num impulso que nem ela saberia explicar, agarrou a blusa da irmã e a puxou, dando-lhe um beijo na boca. Marina arregalou os olhos. Nunca poderia ter pensado naquilo. Mas não desgostou não, então as duas continuaram se beijando, o irmão bombando, e Isis gozou, feliz da vida…
– Vai lá, Marina, chupa o pau dele, esse pau gostoso…
Marina foi engatinhando até onde o irmão estava e começou um boquete, o pau dele estava babado do gozo da irmã, ela não ligou, chupou até deixá-lo sequinho.
Aí, ela abaixou o short e a calcinha, ficou de quatro, oferecendo-se para o irmão. Isis pegou no pau dele o levou até a xotinha da irmã. E como ela tinha visto que a irmã gostara de seus beijos, resolveu arriscar: deitou-se na frente dela, com as pernas abertas e a xotinha perto do rosto. Sem maiores problemas, Marina entendeu o que Isis estava querendo e proporcionou-lhe uma bela chupada na xotinha enquanto recebia as bombadas do irmão.
Ela também gozou e as duas ficaram admiradas que o irmão continuava firme.
– Nossa, Bento… hoje você está impossível, vem, Isis, senta nele, ele adora que a gente o cavalgue!
Nem precisava pedir novamente, Isis, mais que depressa sentou no pau dele e ficou pulando e Marina, ajoelhada ao lado, passava as mãos nos seios da irmã, nas pernas do irmão… e também procurou o grelinho da Isis, que teve o segundo gozo, enlouquecida com o que acontecera.
Marina deitou-se de costas e Bento penetrou-a, num papai e mamãe bem gostoso. Mas ele resistira muito, e logo sentiu o gozo chegando. Tirou o pau e gozou na barriguinha da irmã.
Os três ficaram na cama… sem falar nada. Só curtiam o bom relacionamento deles. E sabiam que ménages como aquele iriam acontecer mais vezes, além das transas mano a mano… Bela família!

Referência do Anúncio ID: 6735981b64858775

Não há Tags

714 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: filogino, Ricardo 30, 194 Guests, 36 Bots