Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Vendemos o terreno mais minha esposinha foi arrombada no local .

  • Publicado em: 9 de julho de 2017 11:19
  • Expira: Nunca!
Vendemos o terreno mais minha esposinha foi arrombada no local .
DSC02188 - Cópialindos - Cópia

Detalhes do Conto Erotico:

Vendemos o terreno mas minha esposinha foi arrombada no local .

Antes de narrar o ocorrido quero descrever minha esposa deliciosa que vamos chamar de Rosa : Toda branquinha com 47 anos, seios fartos deliciosos de aréola rosadas, uma bunda empinada, coxas grosas, pernas longas, uma buceta maravilhosa carnuda e grande e um rabinho semi virgem fechadinho , tudo isso distribuído em um metro e setenta de altura .
Em um final de tarde recebemos uma ligação referente uma herança de um terreno localizado em Peruibe litoral de São Paulo. Após as confirmações e detalhes do local resolvemos ir conhecer. Procuramos no Google e só conseguimos a entrada da rua apesar de praia mas afastado com característica de chácaras . Sabíamos que no local tinha um bangalô e que as chaves ficavam com o vizinho Sr. Jorge . Procuramos no Google e infelizmente só tivemos as imagens da entrada da rua . Combinamos de conhecer e depois dormir em um hotel ou algo parecido.
Arrumamos nossas coisas e partimos no sábado. Notei que minha esposa como sempre estava levando roupas mais ousadas apesar de ser junho época de frio . Só fiz um comentário aonde vai usar essa roupas gostosa assim, a safada respondei pra você meu amor e aonde meu maridinho deixar………
Ela estava usando uma calça de cotton que marca muito sua linda buceta, um moletom e tênis, muito gostosa ! Na estrada conversamos muito e como sempre vêm a sacanagem. Chegando no local tinha um homem de pele escura bem suado realizando serviços de roçagem, pedi orientação e ele se propós ajudar, pegou uma planta do local e foi andando na frente do carro para identificar o local .
– Minha esposa logo falou que estava com medo !!
– Medo do que amor ?
– Não sei, mas olha o tamanho dele amor !!!!!
Quando descemos do carro o expando foi geral, minha esposa toda branquinha e muito deliciosa chamou a atenção de alguns moradores homens do local, que pelo visto estavam acostumados com mulheres bronzeadas .
Fomos apresentados para o Sr. Jorge que atendeu muito bem e comeu minha esposa toda só com o olhar sem disfarçar . Pedimos a chaves e o Sr. Jorge foi mostrar o local, mas vez questão de pedir para minha esposa ir na frente e foi com a maior cara de pau apreciando seu rabão .
O local até que bom, mas minha esposa safada de cara comentou, amor não senti tesão aqui, calma vamos conhecer o bangalô e para nossa surpresa era arrumado e tinha condições de ficar um pouco, apesar que nossa ideia era só conhecer e retornar e arrumar um hotel para pousar .
A simpatia do Sr. Jorge foi tamanha que acabamos por ficar até mais tarde, quando falamos em ir embora o irmão dele convidou para ficarmos que iria ter uma festinha e estávamos convidados. Avaliamos um pouco e tinha famílias com crianças e resolvemos ariscar .
Retiramos nossas coisas do carro e levamos para o bangalô, minha esposa tirou o moletom, usava por baixo uma blusa de alça branca sem sutiã que deixava seus lindos seios a mostra . Para nossa surpresa o Sr. Jorge entrou sem bater e como não poderia ser diferente ficou olhando para os seios de minha esposa e já fez questão de mostrava o volume de sua calça, disse por volta das 19 horas vamos acender a fogueira e aviso vocês, ah muito gostosa sua esposa.
– Perguntei do banheiro e ele mostrou que ficava atrás do bangalô, meu irmão e sobrinho também usavam o banheiro.
Percebi minha safada estava com os mamilos duros, alisei seu bucetão e estava completamente melada, tirei sua calça, a calcinha era minúsculo deixando seu lindo rabo todo de fora e sua buceta já estava inchada querendo pau, sem perder tempo deitei e coloque ela para cavalgar, ela metia muito gostoso e para provocar falei :
– Onde está o medo, ficou com tesão minha putinha, seu medo era que o negão pegasse você na força safada ?
– Não amor vai que ele têm um pau grande !!!
– Ai você vai gostar sua vagabunda !!
– Na mesma hora veio o gemido e senti meu pau todo molhado do seu gozo, a vagabunda ainda falou amor que vontade de dar para essa safado, eu não sou responsável pelo meus atos.
Gozei gostoso com minha esposa atolada no meu pau, levantamos e ela foi para o banho toda tesuda .
Passado alguns minutos ele entrou eufórica e com uma cara de levada .
Em seguida ela comentou que esqueceu a calcinha e foi buscar, logo pensei essa minha delicia já deve estar aprontando . Tomei meu banho, ela vestiu uma calcinha branca minúscula de renda uma calça Legue bem apertada deixando sua volumosa buceta toda exposta, uma camiseta de manga longa sem sutiã e colocou uma jaqueta, uma bota que realçou seu lindo rabo ficou muito gostosa.
Estava uma delicia a festinha, quentão, vinho quente, bolos, doces e outras coisas, as mulheres todas simpáticas começaram a dançar . O Senhor Jorge tirou a Rosa varias vezes para dançar, agarrando muito e as vezes até levantava minha gostosa no pau, deixando seu lindo rabo a mostra para os homens . No intervalo ela me contou que quando ela foi tomar banho o Senhor Jorge entrou no banheiro e viu ela pelada, pediu desculpas mas tirou o pauzão gigante para fora mostrando e disse, olha só o que te espera gostosa, comentando que seios deliciosos e durinhos, seu marido não mama safada.
Ainda toda branquinha assim merece gemer na tora negra, sem medo e respeito nenhum me virou de costa, olhou meu rabo, passou a mão e comentou que bela bunda, que bucetão você têm Rosa e saiu , Quando voltei para pegar minha calcinha o irmão dele esta segurando o pau e gozando na minha calcinha amor, vez eu pegar no pau, era tão grosso do jeito que adoro, o pau pulsou saindo o último jato na minha calcinha, entregou ela toda gozada amor.
Continuei ali cheio de tesão e de pau duro vendo Rosa ser preparada para ser a sobremesa da festa e percebendo que minha Rosa estava entregue aos desejos e tesão pelos dois negros que continuavam dançando com ela e esfregando de uma forma que pau babava e cheio de vontade vendo os caras comerem minha esposa de roupa .
Passado algum tempo Rosa não aguentou o calor e tirou a jaqueta ficando mais gostosa ainda com seus belos seios soltos e era apertada na caro dura por dois rapazes que revezavam na dança e em seguida pelo Sr. Jorge.
Sem perder tempo o Sr, Jorge veio e pediu para levar a Rosa para uma casa ao lado, dizendo que ela queria muito segurar no pau dele, Pedi um tempo e conversei com minha esposa e combinamos que tudo bem mais sem penetração.
Minha branquinha já chegou entregue de tesão, o Sr. Jorge pediu para que eu tirasse a roupa dela e fiz com os olhares dos três negros famitos, tirei a calça deixando minha Rosa só de botas, calcinha e camiseta. O irmão do Sr. Jorge falou que esposa gostosa, ainda trás ela com calcinha de renda, quer mesmos ver sua esposa devorada né safado. A safada não resistiu começou a mamar um de cada vez sendo totalmente alisada no corpo todo . Depois de muitos toques alisando seu bucetão e mostrando um para o outro, metendo o dedo e chupando e dizendo como ela é tesuda, geme mesmo sua puta para deixar seu marido feliz .
A vagabunda e molhada, que bucetão, gostoso, começaram a mamar em seus seios e Rosa gemendo e gozando como nunca tinha visto antes . Após um tempo veio o primeiro gozo em seus seios, depois em sua bunda posicionada de quatro. O Sr. Jorge pediu para ela deixar colocar só a cabeça do pau em sua linda bucetinha, mas antes seu marido vai lamber ela para ajudar lubricar esse bucetão. O tesão era grande e Rosa olhou para o safado e disse coloca logo só a cabeça, Pegou aquele pauzão que mais parecia um cavalo de tão grande segurando com as duas mãos e empurrou a cabeça, aonde eu esta vi a buceta de minha esposa estufar, sendo rasgada, arrombada pela tora e ficando linda. A minha esposinha disse, amor falei que não me responsabilizava pelos meus atos, em um movimento maravilhoso com seu lindo rabo engoliu todo pau gigante e gemeu forte gozando de escorrer pelas coxas, o Sr. Jorge falou é isso que você quer, subiu em cima dela e meteu até o talo sem dó, levando minha esposa para mais um orgasmo, tirou o pau dizendo parabéns sua esposa aguentou meu pau sorrindo é uma esposa muito vagabunda , tirou o pau e mostro a buceta de Rosa toda dilacerada pelo pauzão , enfiou tudo outra vez, metendo forte e gozando muito em sua buceta . Quando tirou o pau tive a certeza que desta vez ela estava toda abertinha e linda cheia de leite espalhado por todo o corpo . Ai do nada entrou o roçador e sem falar muito, quero essa puta também e começou a lamber a Rosa que voltou a ficar com tesão e em seguida o roçador tirou um pau enorme de negrão mesmo , agradeceu o Sr. Jorge por facilitar sua penetração e meteu muito em Rosa que gemia como uma cadela no cio pedindo goza com ele todo dentro de minha buceta vai roçador, o roçador deu vários tapas em seu rabo e
obedecendo sua ordem gozou forte um líquido branco ralo que mais parecia leite inundando toda sua buceta, tirou o pau pingando e disse agora ele é toda sua comi sua esposa vai, ela está arrombada pra você .
O tesão era grande e meti deliciosamente naquela buceta linda e senti como sua buceta estava aberta não conseguindo morder meu pau como sempre faz. Tirei o pau e dei para ela mamar o que fez com maestria deixando o caras de boca aberta e gozei em seu lindo rosto branquinho. Tomamos um banho, os caras queriam mais, pedi para deixar para outro dia .
Saímos do local pela manha, vendemos o terreno para o Sr. Jorge na condição de deixar Rosa mais uma vez em sua mão mas dessa vez em um motel para ela aproveitar bem toda aquela tora negra, agora séria a vez dela saborear gostoso o pau que arrombou sua buceta .
Em outra oportunidade conto o que Rosa vez com o Sr, Jorge, mas posso garantir que minha esposa acabou com ele. Posso garantir também que ela continua com a buceta linda conforme foto atual no perfil.
Até hoje brincamos com essa história e Rosa goza muito em meu pau .
Abraços .

Referência do Anúncio ID: 96595eb0e98bde0

Não há Tags

938 visualizações, 0 hoje

  

Uma Comentário para “Vendemos o terreno mais minha esposinha foi arrombada no local .”

  1. adoraria conhecer a rosa

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Informações deste Autor

  • Autor: Rozadinha
  • Membro desde: 23 de setembro de 2016

Contos publicados por Rozadinha

Últimos itens anúnciados por Rozadinha »

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 162 Guests, 32 Bots