Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Vidinha de Mulher VII – Senhora safada.

  • Publicado em: 5 de junho de 2006 01:34
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

Minhas coxas não firmavam. Tomar na xota a primeira vez dói muito! Eu imaginava que ia doer e até anseava sentir aquela dorzinha gostosa, mas não sabia que seria tão forte!

Toda gozada, vesti minha saínha e fui descansar. Dormi fundo, até que acordei ainda sentindo uma ardência quente na buceta machucada. Evitei qualquer calcinha, mesmo as de seda que tenho, ou as de cetim, por mais que fossem macias. Pus uma anágua bem leve, uma saia de crepe azul até o tornozelo e uma blusa de algodão branca. Também não vesti nenhum dos meus sutiens  privilégio de quem tem peitinhos rígidos e empinados. Eu estava muito senhora, uma respeitosa esposa, e assim fui conversar com minha amiga e confidente Gisa. Quem me recebeu foi Michele. E que gatinha ela estava! Morri de inveja daquele corpinho de panterinha.

Ai! Que saudade! Sapequinha, dando um risinho ao abrir a porta, toda com cheirinho de garota, descalça e de camisolinha preta rendada com alcinhas. Lembrei de mim, sorri e a abracei carinhosa, alisando seus cabelos e olhando seus olhos cor de mel. Entrei e Gisa veio só de calcinha branca, vestindo um hobby transparente, pondo pra trás seus pretos cabelos lisos e sorrindo-me com seus olhos amedoados. Abraçou-me, deixei-me cair entregue, acolhida nos seus braços. Chorei um pouquinho, ela pediu-me calma e perguntou se foi bom. Balancei a cabeça que sim. Deitei no seu ombro e acalentei-me por suas carícias deliciosas. Michele segurou minha cintura e me alisou por trás. Por baixo da blusa, arranhava carinhosa minhas costas com suas unhas feitas. Ficou louquinha descobrindo meus seios livres, abraçou-me espalmando-os. Suspirei no ombro de Gisa que não parava de me alisar os cabelos. Michele majestosamente beliscou meus mamilos. Pronto: entreguei-me _ AAAAAIIIIIIIII! _ Gisa pediu-me calma carinhosa. Michele coçava deliciosa meus mamilos com suas unhas maravilhosas. Aceitei que estava excitada e levantei dengosa a cabeça. Gisa enfiou os dedos nos meus cabelos e nos beijamos na boca. Roçávamos nossas línguas e lábios lenta e demoradamente até que Michele levantou minha saia com anágua e tudo. Perdida no beijo daquela que sempre foi minha irmã querida, deixei Michele descobrir-me nua sob as anáguas. Delicada como só ela, ajoelhou de camisolinha no chão e agasalhou minha xotinha na boca molhada. Arfei, prendi os gemidos, chorei inquietada. Gisa falava baixinho no meu ouvido, pedindo-me calma, acaridciando-me. Michele chupava delicada e linguava minha vagina cortada. Eu empinava e rebolava. _ Vou gozar na boca dela! _ falei chorosa para Gisa. _ Calma… ela sabe…_ Gisa respondia acalentadora. E a macia Michele com sua boca quente acalmou o ardor vaginal desta mulher deflorada que esporrou a buceta na sua carinha loirinha de veludo sapeca. Desfaleci no colo de Gisa. Michele levantou-se e me abraçou por trás. Foi gostoso sentir-me sanduichada entre aquelas coxas e seios. Ficamos assim as três. Sorrimos. Fomos pra cama, eu bajulada e acariciada pelas duas gatas mais delicadas e carinhosas do mundo!

Referência do Anúncio ID: CT-000029595

Não há Tags

6596 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 34 Guests, 21 Bots