Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrarrss

 

 

Vocês vieram aqui para conversar ou para transar?

  • Publicado em: 19 de junho de 2017 19:10
  • Expira: Nunca!

Detalhes do Conto Erotico:

(escrito por kaplan)

Dois jovens casais, casados. Se conheceram na faculdade, faziam o mesmo curso, lá começaram a namorar, ficaram muito amigos. Saíam juntos e acabou rolando um belo swing entre eles, que se repetiu por muitas e muitas vezes.
Casaram-se no mesmo ano e foram padrinhos um do outro. Denise e Milton. Lucíola e Cláudio. Esses os nomes deles. Casaram-se um ano depois de formados, já todos trabalhando. Haviam feito arquitetura e montaram um escritório juntos.
Os negócios iam bem, estavam aparecendo muitos trabalhos e isso era motivo de comemorações quase todo mês.
E as comemorações eram sempre no apartamento da Denise e do Milton. Era um apartamento maior, presente dos pais dela, já totalmente mobiliado e muito confortável.
Acompanhemos alguns encontros deles.
Lucíola e Cláudio chegaram, foram recebidos pela Denise. Milton tinha saído para fazer algumas compras de última hora, então os três ficaram conversando na sala, sentados no sofá. Denise de vestido, Lucíola de calça jeans e camiseta, assim como Cláudio.
Logo Milton chegou e sentou-se ao lado da esposa. As duas ficaram no centro e os dois nas laterais. O papo rolava solto, mas Denise estava ansiosa pra transar de novo com o Cláudio, então tomou a iniciativa de perguntar:
– Eu sei que os negócios estão ótimos… mas vocês vieram aqui para conversar ou para transar?
Todos riram e entenderam que já estavam falando demais e era hora de se dedicarem a coisas mais nobres. As duas trocaram de lugar, e Denise foi abraçar o Cláudio, e Lucíola se agarrou com o Milton.
E o vestido, a camiseta, as blusas foram sendo retiradas no meio de amassos, beijos, chupadinhas nos biquinhos dos seios das duas. Como os quatro gostavam de swing!
Lucíola conseguiu despir o Milton primeiro e agarrou o pau dele, chupando-o, enquanto Cláudio e Denise ainda estavam arrancando as últimas peças de roupa e aí ela se ajoelhou na frente dele e também mandou ver um boquete.
Não demorou para que Denise sentasse no pau do Cláudio e começasse a pular e a gemer. Já o Milton curtia muito um sexo oral e depois que recebeu o boquete de Lucíola, colocou-a deitada no sofá e passou um bom tempo chupando a xotinha dela, que também gemia.
Finalmente, as duas foram comidas ajoelhadas no sofá e os dois metendo nas xotinhas por trás.
Ficaram abraçados alguns minutos, rindo e curtindo a boa trepada daquela noite. Depois se despediram, mas sabiam que logo haveria outra…
E, de fato, três semanas depois, lá estavam Luciola e Claudio de novo visitando os amigos. E dessa vez não precisaram esperar que alguém reclamasse que falavam demais e esqueciam do mais importante.
Mal chegaram, os dois já foram levados ao quarto, e eles ficaram sentados na cama, já com os casais trocados e as mãos começando a procurar os pontos interessantes dos corpos… e o clima rolou sem mistério algum.
Ao verem que Luciola e Milton começavam a se beijar, ajoelhados na cama, Claudio e Denise trataram de começar a se despir e dar uns amassos bem legais. Os gemidos, o barulho dos beijos… tudo inspirava os amigos e logo todos estavam nus. Eles tiveram seus paus chupados e agradeceram dando um banho de língua nas xotinhas delas.
E naquela noite, a trepada foi uma só, para cada casal, nada de variações. Denise foi comida de frango assado e Lucíola de cachorrinho. O legal foi que, satisfeitas, com um belo gozo conseguido, enquanto os maridos continuavam metendo, Denise imitou o cacarejar de um frango e Lucíola ficou latindo, o que deixou os dois malucos… que tesão redobrado eles tiveram quando despejaram seus gozos dentro delas!
Na terceira e última vez que vamos narrar aqui, eles se reuniram inicialmente para discutir um projeto que estavam elaborando e havia algumas dúvidas sobre o que deveria ser feito. Até laptop foi levado pelo Cláudio para que pudessem trabalhar um pouco antes de fazerem a farra que já estava ficando tradicional.
As duas estavam impacientes porque elas tinham combinado dar uma apimentada nas transas, e eles não sabiam de nada. E elas estavam loucas para colocar em prática.
Trataram de colocar fim ao projeto. Lucíola sentou no colo do Milton e Denise no colo do Claudio. E foi Denise quem deu início. Levantou a blusa da amiga, que tinha ido de sutiã como haviam combinado.
Então ela puxou o sutiã pra baixo, mas sem o tirar e elogiou os seios da Lucíola e mais do que isso, beijou-os, mamou neles. Os dois arregalaram os olhos. Nunca tinham imaginado tal coisa e mais surpresos ficaram quando Lucíola também tirou a blusa da amiga e fez como ela havia feito, puxou o sutiã pra baixo e mamou gostoso nos seios dela.
Aquilo encerrou o papo sobre projeto e as duas, vendo os maridos de olhos brilhando, fizeram outra coisa diferente: cada uma foi chupar o pau do respectivo marido!
Só depois de terem cumprido a obrigação matrimonial é que elas trocaram de maridos, para serem comidas. E viram que os maridos as comeram com uma voracidade, com um tesão como nunca tinham presenciado.
E para premiá-los pelo belo desempenho daquela noite, depois da primeira trepada, elas continuaram nuas e não deixaram que eles vestissem roupa alguma. Ou seja, queriam mais! E queriam, novamente, com os próprios maridos. E fizeram algo de novo que os deixou abismados e com vontade de nunca pararem de se encontrar: as duas sentaram nos paus deles e, cavalgando, juntaram seus lábios num beijo delirante.
Os dois ficaram enlouquecidos. Nem preciso dizer que, depois que Lucíola e Cláudio foram para sua casa, tanto lá quanto no apartamento de Denise e Milton, o sexo não parou!
Tinha sido demais!

Referência do Anúncio ID: 1105948190a5a81d

   

531 visualizações, 0 hoje

  

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Para obter informações sobre este anúncio, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o anunciante.

Novidade!

Usuarios Ativos

Users: 246 Guests, 15 Bots